You are currently viewing O QUE SÃO FUNDOS IMOBILIÁRIOS?

O QUE SÃO FUNDOS IMOBILIÁRIOS?

A princípio, os fundos imobiliários são mais conhecidos como FII’s.

Portanto são um ótimo investimento e vão gerar renda mensal, como um aluguel.

Primeiramente, entenda o funcionamento.

Esses fundos são formados por um grupo de pessoas que juntam seu dinheiro e investem em imóveis ou ativos vinculados a imóveis.

Ou seja, o investidor compra cotas (pequenas partes), o dinheiro é administrado por uma empresa gestora, que vai comprar ativos e distribuir os lucros que esses ativos geram aos cotistas.

Além disso, esse investimento segue a Lei n°8.668/93 que regula o processo.

De forma simples FII’s são como investir em imóveis, lucrar com a renda e possível valorização.

Mas qual a vantagem do FII em relação ao imóvel?

Nesse sentido, os fundos imobiliários facilitam a vida do investidor, podem ser adquiridos com baixo investimento, sem burocracia e dor de cabeça com inquilinos.

Tipos de Fundos Imobiliários

Por exemplo, existem diversos tipos.

Logo, cada um tem suas características, riscos, vantagens e desvantagens.

É importante entender o tipo de fundo que está comprando.

Como exemplo, temos os fiis logísticos, fiis de papel.

Erros de iniciantes em fiis

Errar faz parte do processo de aprendizagem, portanto comece a investir devagar.

Utilize o tempo a seu favor, e aprenda o máximo possível. Assim você evita de perder seu dinheiro.

Separei uma leitura sensacional sobre o erro dos iniciantes, produzido pelo Bem na Fiita, leia.

Dicas para escolher Fundos Imobiliários

Antes de mais nada, lembre-se que você está comprando imóvel, siga o mesmo raciocínio.

Então, pense sobre os imóveis.

A região do imóvel é boa? Esse imóvel é bom? Eu conseguiria alugar?

Lógico que existem algumas diferenças, mas a base do pensamento é a mesma.

Primordialmente, eu olho essas informações:

1 – Avalie a gestora: A gestão cuida do seu dinheiro, escolhe os imóveis, faz os contratos. Eles são essenciais. Em minha opinião, as top gestoras hoje (04/2020): CSHG, KINEA, HEDGE, XP, ALLIANZA.

2 – Leia o regulamento, principais itens a serem observados:

*Objeto; investimento; Política de exploração de ativos; Política de distribuição de resultados;

3 – Diversificação: É importante o fundo ser diversificado. Ter vários imóveis, com vários inquilinos, em regiões diferentes, pois assim terá varias fontes de rendimento. Isso diminui seu risco.

4 – Fluxo de caixa: Todos os fundos possuem relatórios, abra e leia. Você consegue entender de onde o dinheiro vem, sugiro não comprar fundos que possuam mais de 30% da receita em apenas um ativo.

Outro indicador importante é o Cap Rate. Portanto, para fazer boas escolhas, faça bons estudos.

Conforme, você amplia seus estudos, mais fácil vai ficar.

Investir em FII’s é uma ótima oportunidade para iniciar na renda variável e ter um fluxo de caixa mensal.

Além de conseguir investir com pouco dinheiro.

Portanto, siga as dicas e faça o simples: Analisar como imóveis, escolher gestoras que façam o melhor para o cotista, com boa diversificação e renda de vários ativos.

Não invista se você possuir dívidas!

Por último, uma sugestão de fundos para estudos, não são recomendação de compras!

GGRC11 ; XPLG11; HFOF11; XPML11; HGBS11; RBVA11 ; VRTA11

Lucas Magalhães

Engenheiro Ambiental por formação; Bancário por profissão; Investidor por paixão!

Este post tem 9 comentários

Deixe um comentário