You are currently viewing ETF XLV. Conheça o etf da saúde

ETF XLV. Conheça o etf da saúde

ETF XLV. Conheça o etf da saúde que possui um bom histórico.

Neste artigo vamos conhecer esse ETF listado na bolsa americana e que investe em um setor muito promissor.

Antes de mais nada, entenda que diversificar em outro moeda mais forte que o real é muito importante.

Portanto, esse artigo sobre diversificação e risco vai te ajudar, leia aqui.

O XLV(Health Care Select Sector SPDR Fund) é um ETF(fundo) que investe em empresas do setor de saúde e que compõe o índice S&P 500.

Dessa forma o fundo oferece exposição a empresas:

  • farmacêuticas;
  • equipamentos e suprimentos de saúde;
  • fornecedores e serviços de saúde;
  • biotecnologia;
  • ferramentas e serviços de ciências biológicas;
  • indústrias de tecnologia de saúde. 

Desde já é importante saber que o etf é antigo. Iniciou suas atividades em 16/12/98 , possui taxa de 0,12% ao ano(taxa baixa) e distribui em média 1,45% de dividendos ao ano.

Ou seja, é um etf antigo, com taxa baixa, distribui lucros e possui 24,5 Bilhões de Dólares sob gestão. Pontos positivos.

CARTEIRA ETF XLV

Agora vamos conhecer a divisão da carteira do fundo, que possui mais de 60 empresas em seu portfólio.

Atualmente essa é a divisão:

Sob o mesmo ponto de vista, temos as 10 empresas com maior alocação. Algumas conhecidas mundialmente.

Devo investir no XLV?

Definitivamente é uma questão muito pessoal. Portanto estude, conheça mais a fundo o ativo e tome sua decisão.

O setor que ele atua é bom? Possui tendência de crescimento?

Ou seja, comece a entender as características do fundo para tomar a sua decisão de investir ou não.

Um dos maiores medos dos investidores é sobre a questão do imposto de renda no exterior, fique tranquilo e leia nosso artigo sobre o IR, acesse aqui.

Logo, para contribuir com suas escolhas baixe o E-book GRATUITO sobre investimentos no exterior, acesse agora.

Lucas Magalhães

Engenheiro Ambiental por formação; Bancário por profissão; Investidor por paixão!

Este post tem 4 comentários

Deixe um comentário